Benefícios sociais parceiros da Caixa Econômica Federal

Na última quarta-feira (17), por intermédio do Instituto Igreja novense de Assistência Social (IIAS), que tem como Presidente o Sr. Luiz Vasconcelos, a empresa Plennus Consultoria e Assessoria Ltda, especializada em Projetos de Infraestrutura e convênios entre Municípios e União, ofereceu seus serviços, garantindo aprovar ainda no ano 2014, junto a Caixa Econômica a Construção de 150 casas populares com toda infraestrutura, construídas exclusivamente com trabalhadores de Igreja Nova, além de outras parcerias em área de laser e outras obras estruturantes.

Para isso o Município deveria entrar apenas com o terreno, que já existe vizinho a Colônia Z-32, e a Caixa Econômica através do Plano Minha Casa Minha Vida, arcaria com os recursos restantes, beneficiando diretamente a 150 famílias carentes, que não possuem residências, e mais de 1000 beneficiados indiretos, com os trabalhadores igreja novenses nas construções.

O Governo está sempre buscando auxiliar as famílias com menos condições, com programas sociais como o Minha Casa Minha Vida e também o Bolsa Família. No caso do Bolsa Família, o programa é pago às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, que tenham renda máxima de R$ 171,00.

O pagamento deste benefício é feito por meio do Calendário Bolsa Família 2019, que é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal, sendo assim, se você é beneficiário, é importante ficar atento aos prazos para não perder o prazo de pagamento do Bolsa Família.

Estavam presentes na reunião: Antônio Carlos Tolentino Dill – Secretário de Infraestrutura e no ato, representante do Prefeito Augusto; Manoel Mateus – Ex-prefeito e Vice Prefeito atual; Vereadores: Caroço – Presidente da Câmara; Dalmo; Edinho; Francisca; Inha; Messias; Nado e Valdy; José Borges – ex-prefeito; Imprensa, Representantes do comércio, Associações, Igrejas, Sociedade Civil e o povo em geral.

Depois de toda explanação por parte dos representantes da Plennus, foram tiradas todas as dúvidas dos presentes, então o representante do Prefeito Augusto, Sr. Antonio Carlos Tolentino Dill, todos os Vereadores Presentes, vice-prefeito, os representantes de classes, e participantes do evento, aprovaram por unanimidade o Projeto, sendo encaminhado imediatamente ao Prefeito Augusto o TERMO DE PARCERIA ou CARTA DE INTENÇÕES, para a devida assinatura.

E para surpresa de todos que estavam na reunião e aprovaram o feito, o Prefeito Augusto disse que NÃO assinaria o documento, deixando seu representante, o vice-prefeito, Presidente da Câmara e demais Vereadores presentes, o povo, sobretudo os mais pobres que não possuem casas indignados.

De acordo com os presentes no evento, essa é mais uma oportunidade que o povo da Terrinha perde, pela falta de experiência, compromisso, e boa vontade do chefe do executivo Municipal, já que todos foram favoráveis, inclusive a Câmara de Vereadores, sendo aprovado por unanimidade pelos pelos Vereadores presentes.

More Details

3 a cada 10 brasileiros ganhavam menos do que devia

O reajuste salário mínimo brasileiro estabelecido para o ano de 2016 é de R$880,00. E entrou em vigor logo no início do ano, em Janeiro. O aumento em relação a 2015 foi de 11,55%. Se transformado em reais o valor do reajuste corresponde a R$92,00 a mais no orçamento do trabalhador. Normalmente o reajuste era estabelecido no mês de Maio, mas para que o descrédito do governo não interfira ainda mais na situação delicada do país, a ideia de antecipação é bem vista pelo povo.

Uma grande quantidade de trabalhadores recebe o pagamento com uma base no salário mínimo, o que é a base mensal que teoricamente o profissional deveria receber para sobreviver, e devido a inflação é fundamental que o mesmo tenha algumas alterações.

O reajuste do novo salário mínimo terá um aumento interessante no ano de 2019 comparando com outros anos onde ele foi um pouco menor.

Reajuste do Salário

Saiba que as estimativas de aumento são feitas para períodos longos, de 3 até 4 anos, mas são suposições. Por exemplo, o Governo já elaborou projeções até 2019. Mas, o reajuste é, anualmente, e segue o paralelo de variação em relação ao PIB – Produto Interno PIB, dos últimos 2 anos, mais a variação do INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor, do ano anterior.

Existe uma Lei que determina o reajuste, bem como assegura o seu cumprimento, é a Lei 12.382/2011, e estará em vigor até o ano de 2020. O cumprimento da Lei, para que o trabalhador receba o salário justo, é assegurada pelas Superintendências Regionais do Trabalho. Os trabalhadores vêm aguardando com ansiedade o reajuste do salário mínimo 2019 e se ele for ainda mesmo aprovado será válido a partir de fevereiro. Com isto o ano passado o reajuste teve praticamente a mesma porcentagem devidamente pretendida para o ano de 2019.

É importante aguardar ainda o posicionamento do Congresso Nacional, e porque existem outros fatores que poderão influenciar na alteração, ou não dos valores devidamente reajustados, o PIB é um dos fatores que influenciam de forma direta no valor salário mínimo 2019.

Veja abaixo os valores do reajuste de acordo com cada ano:

  • Ano 2016 / R$ 865,50;
  • Ano 2015 / R$ 788,00;
  • Ano 2014 / R$ 724,00;
  • Ano 2013 / R$ 678,00;
  • Ano 2012 / R$ 622,00;
  • Ano 2011 / R$ 540,00;
  • Ano 2010 / R$ 510,00;
  • Ano 2009 / R$ 465,00;
  • Ano 2008 / R$ 415,00;
  • Ano 2007 / R$ 380,00;
  • Ano 2006 / R$ 350,00;
  • Ano 2005 / R$ 300,00;
  • Ano 2004 / R$ 260,00;
  • Ano 2003 / R$ 240,00;
  • Ano 2002 / R$ 200,00;
  • Ano 2001 / R$ 180,00;
  • Ano 2000 / R$ 151,00.

Existe uma estimativa de que se esta alteração for aprovada pelo governo federal, em breve iremos saber mais a respeito do assunto, já que o governo anuncia na maioria das vezes os reajustes antes mesmo do início do ano.

Mas é evidente que não temos como evitar a discussão de que o valor do salário mínimo, de forma alguma supre as necessidades mínimas de subsistência, afetando diretamente aqueles que recebem mensalmente apenas o mínimo. São casos de trabalhadores e muitos aposentados, estes últimos com despesas salientes com medicamentos e outros tratamentos de saúde.

More Details

Em três anos, 6,2 milhões de pessoas deixaram de contribuir para a Previdência Social

A Tabela INSS 2019 Atualizada é a maneira pela qual podemos realizar consultas da alíquota que será aplicada no cálculo da nossa contribuição para o orgão. A cada novo ano essa tabela é atualizada, assim é importante se atentar para os novos valores da Tabela INSS 2019 Atualizada, pois a alíquota já não será mais a mesma do ano anterior.

Tabela INSS 2019

O valor da alíquota na Tabela INSS 2019 Atualizada para a contribuição com a Previdência Social pode variar de acordo com os rendimentos salariais, dessa forma não existe um valor único cobrado para todos os contribuintes.

Se você é um contribuinte da Previdência já deve ter notado que a cada ano o valor da sua contribuição muda, isso por que a alíquota varia de acordo com a categoria de contribuinte a qual você pertence e ainda o salário que recebe.

Para que você como contribuinte possa ter acesso aos valores dessas alíquotas é possível realizar uma consulta da Tabela INSS 2019 Atualizada no site da Previdência Social, pois como os valores passam por atualizações anualmente é importante acompanhar os novos valores.

O INSS é a sigla do Instituto Nacional do Seguro Social, que é responsável por garantir benefícios para os trabalhadores que contribuem com a instituição.

A contribuição com o INSS é feita mensalmente, baseado em um valor que pode ser calculado por meio da Tabela INSS 2019 Atualizada.

A contribuição com o INSS 2019 garante por exemplo os seguintes benefícios:

  • Aposentadoria,
  • Auxílio doença,
  • Aposentadoria por invalidez,
  • Seguro desemprego,
  • Entre outros.

Alíquotas

As alíquotas da Tabela INSS 2019 Atualizada variam de acordo com o salário de cada contribuinte, assim quanto maior for o seu salário maior será a alíquota incidente sobre o valor.

Esses valores atualizados podem ser consultados em uma agência do INSS ou pela internet, lembrando que por meio do portal a consulta é muito mais rápida e prática.

Para realizar a consulta INSS 2019 pelo site do Ministério do Trabalho e Previdência Social basta acessar o endereço http://www.mtps.gov.br/.

Saiba que a tabela é ainda dividida entre:

  • Tabela para Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso;
  • Tabela para Contribuinte Individual e Facultativo.

As alíquotas da Tabela INSS 2019 Atualizada alternam seu valor de acordo com o tipo de contribuinte e de acordo com o salário que possui, essa alíquota, portanto pode variar de 5% a 20% sobre o seu salário.

Valores

Atualmente a tabela em vigência do INSS é a de 2018, pois a Tabela INSS 2019 Atualizada ainda está em processo de atualização, e somente será disponibilizada para consulta no 2° semestre de 2018.

Para que você possa se manter informado basta seguir o portal do Ministério do Trabalho e Previdência Social em http://www.mtps.gov.br/

Na imagem acima você pode consultar as alíquotas do INSS 2018 referentes aos dois grupos existentes, sendo eles:

  • Tabela para Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso;
  • Tabela para Contribuinte Individual e Facultativo.
More Details